TV Fechada

24/07/2009 at 16:47 3 comentários

sky-tvFinalmente, depois de doze anos, tenho novamente  TV por assinatura! No último dia 10, os técnicos vieram aqui em casa instalar o equipamento da Sky. Inicialmente, optei por adquirir apenas o pacote básico, pois a maioria das séries e programas que minha esposa e eu curtimos passa nos principais canais como GNT, Multishow, Warner, Fox, AXN, Sony, Universal, Discovery, National Geographic, History Channel, Cartoon, etc.

 Sabe-se que pra quem gosta de televisão, o serviço pago se faz uma despesa necessária hoje em dia, dada qualidade precária da grade dos canais abertos. Simplesmente não dá pra assistir às novelas e passar os sábados e domingos aturando aberrações como Zorra Total, Domingão do Faustão, Domingo Legal, Turma do Didi, etc. Porém, mesmo com qualidade infinitamente superior da TV paga sobre a aberta, percebi um forte declínio de 1996 pra 2009.

 Em 1996, quando a TV paga ainda era novidade, os principais apelos do serviço eram a quase total ausência de comerciais, incrível variedade de opções e canais totalmente dedicados a gêneros específicos (no Cartoon só passava desenhos, no Dicovery apenas documentário, e por aí vai), dentre outras coisas legais que não vemos atualmente. Bem, agora temos apenas a boa variedade (ainda assim, inferior à década de 90) de conteúdo como vantagem, que bem ou mal, no final das contas, acaba compensando as desvantagens.

 Parece que os intervalos comerciais estão cada vez maiores e mais freqüentes (mais até que na TV aberta). O pior é que parecem aqueles comerciais irritantes, no melhor estilo daqueles “disk 011 14 06” que passavam na extinta Rede Manchete, nos intervalos de Cavaleiros do Zodíaco. Quem não lembra de pérolas como as facas Ginzu 2000, os travesseiros Contour Pillow, etc? Lembra como eram escrotos? Pois é. Eles continuam irritando também na TV fechada. Em 96, existiam canais EXCLUSIVOS só pra esses comerciais, como o Shoptime e Polishop, que ainda empurram seus produtos nos mesmos espaços . O grande problema é que esses canais de venda invadem os demais, que deveriam ser totalmente voltados para a programação; como acontece com Discovery, History, e outros. Em outros tempos, os intervalos se resumiam a anúncios da grade da própria emissora e raríssimas propagandas de terceiros (lembro-me apenas do pager Motorola, na Fox). Atualmente, um único episódio de Os Simpsons, na Fox, é interrompido pelo menos umas cinco vezes.

 Outro fator que me desapontou bastante, foi a descaracterização dos canais. A grande maioria perdeu sua identidade e o carisma que tinham nos anos 90. Na Warner, por exemplo, tínhamos uma programação variada, para todas as idades. Tínhamos desde os clássicos Looney Tunes, Animaniacs, Tiny Toon e Pink & Cérebro; até filmes e seriados fodões, passadando por ótimas sitcons. Hoje em dia a programação ainda é bem bacana (tem Big Bang Tehory, pô!), mas carece das indispensáveis animações da Warner. Mudando o canal no controle, esbarramos com o Cartoon Network totalmente desfigurado, só com desenhos novos e sem graça. Isso sem falar na maior blasfêmia de todas: filme do Harry Potter sendo exibido no Cartoon. Isso mesmo: filme! Onde estão Space Ghost,  Herculóides, Flinstons, Jetsons, Pica Pau, Tom & Jerry, e outros? “No Boomerang, seu tonto”, responde alguém. Ok, o Boomerang é o canal exclusivo para todos esses clássicos da animação, mas mesmo este já começa a se descaracterizar, tal qual seu irmão mais velho. A Fox por outro lado, famosa por exibir seriados antigos como Besouro Verde, Perdidos no Espaço e séries mais sci-fi como Arquivo X, Space e Millenium, perdeu seu brilho, adotando uma programação mais mainstream. Mesmo assim, ainda exibe bons seriados como 24, Mental e Bones.

Mesmo com todas essas críticas, ainda acho que ter TV fechada é um bom negócio. Apesar do excesso de intervalos comerciais, as coisas legais de outrora ainda estão lá, só que agora um pouco mais difíceis de encontrar, devido à descaracterização de alguns canais. Mas isso é facilmente contornável; basta garimpar que certamente  encontrará o que deseja.

 

 

Entry filed under: Críticas, TV. Tags: .

Passion For Poetry V – Shakespeare Bastardos Inglórios

3 Comentários Add your own

  • 1. Italo  |  25/07/2009 às 01:48

    Garimpar. Essa é a palavra. Eu tou com TV por assinatura a uns 4-5 anos. E tou naquela fase que raramente assisto a qualquer coisa. Mas já acompanhei periodicamente várias séries: Friends, Cold Case, CSI(todos), Big Bang Theory e outras. Mas acabei abusando um pouco. De vez em quando eu acesso os sites de alguns canais e me surpreendo com algum filme bom na programação. O negócio é realmente garimpar, só assim pra descobrir de que horas tá passando o que te interessa.
    Abraços.

    Responder
  • 2. Tati  |  25/07/2009 às 01:57

    Há algum tempo não vejo tv, com exceção de alguns jornais e séries. Há anos não ouço rádio… acho desnecessário quando você pode ter a música que quiser, na hora que bem entender. Sou uma pessoa que substituiu tudo isso pela web. Por aqui, controlo melhor o que quero ver… mas concordo contigo sobre oo declínio da qualidade na tv por assinatura!

    Responder
  • 3. Allana  |  25/07/2009 às 02:01

    Eu não assistia mais TV, até ter recuperado a tv paga. Justamente porque de vez em nunca vejo uns filmes bons, umas séries boas e uns desenhos legais.

    Mas no domingo à tarde continua não passando nada que preste. ;P

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Eu no Twitter

Blog Stats

  • 5,536 hits
julho 2009
S T Q Q S S D
« jun   nov »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

%d blogueiros gostam disto: